Tratamento Cirúrgico

Quando se esgotam as alternativas de tratamento conservador, ou quando se identifica uma alteração que pode levar a articulação a uma artrose precoce no paciente lançamos mão do tratamento cirúrgico.
Iremos tratar das duas principais articulações acometidas por artrose dos membros inferiores, o joelho e o quadril

Prótese de Joelho

Consiste na remoção da cartilagem e pequena quantidade óssea do joelho tanto da tíbia quanto do fêmur para a colocação de um componente mecânico que consiste em metal e polietileno para realizar a função do joelho. É a cirurgia de prótese articular mais realizada nos EUA atualmente, com um sucesso muito alto.

Prótese de quadril

Consiste na ressecção da cabeça femoral e no preparo acetabular para receber um componente mecânico composto de metal, polietileno ou cerâmica dependendo da idade e da deformidade do paciente. É a segunda prótese mais realizada nos EUA atualmente, com grande satisfação dos pacientes operados.

Osteotomias

Consistem no realinhamento articular para privilegiar áreas da articulação que ainda permanecem com boa função. Podem ser realizadas no joelho e no quadril. Normalmente são cirurgias realizadas em pacientes jovens, onde a colocação de uma prótese pode se tornar um problema futuro devido a durabilidade do componente mecânico.

Artroscopia

Utilizada no joelho para realizar uma limpeza articular ou para reparar uma lesão aguda de meniscos, proporcionando um alivio sintomático do paciente, porém não altera a progressão da artrose. A artroscopia de quadril é utilizada para corrigir deformidades articulares que causam impacto articular e levam a artrose precoce. A artroscopia do quadril altera a progressão da artrose além de aliviar sintomas.